#htmlcaption1 Deus, força e luz O evangelho ensinado e vivenciado ha 99 anos

quinta-feira, 30 de abril de 2015


Agradeço todas as dificuldades que enfrentei; não fosse por elas, eu não teria saído do lugar. As facilidades nos impedem de caminhar. Mesmo as críticas nos auxiliam muito.

Chico Xavier

NÃO CRITIQUE!


Procure antes colabora com todos,sem fazer criticas.
A critica fere,e ninguém gosta de ser ferido.
E a criatura que gosta de criticar,aos poucos,se ver isolada de todos.
Se vir alguma coisa errada,fale com carinho,procurando ajudar.

Carlos Torres Pastorino.

ACATE com respeito todas as religiões.
Cada homem tem o direito de escolher o caminho que prefere.
Respeite a liberdade de crenças dos outros; tanto quanto aprecia que respeitem a sua.
Não discuta nem procure tirar ninguém do caminho em que se acha, a não ser que seja procurado para isso.
Respeite, para ser respeitado.

Carlos Torres Pastorino.

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Biografia de Auta de Souza



Nascimento
Auta de Souza nasceu no Estado do Rio Grande do Norte, na pequena cidade de Macaíba, em 12 de Setembro de 1876. Quarto filho do casal Elói Castriciano de Souza e Henriqueta Leopoldina Rodrigues de Souza, Auta teve como irmãos mais velhos Henrique Castriciano, Irineu e o Júnior, e, como caçula, o João Câncio.
Desde a infância Auta estudou, segundo Clóvis Tavares, " As grandes lições do sofrimento humano". Sua mãe desencarnou antes que a " cotovia mística das rimas" completasse três anos de idade; o pai seguiu a companheira em 1881, quando Auta tinha, portanto, cinco anos. Os avós maternos de Auta recolhem-na e aos irmãozinhos, levando-os para Recife, para o " Velho sobrado do Arraial". A perda dos pais foi, em parte, suprida pela dedicação da avozinha Dindinha - D. Silvina de Paula Rodrigues.
Aos sete anos já sabia ler e escrever, graças a um professor amigo e aos oito anos de idade "lia para as crianças pobres, para humildes mulheres do povo ou velhos escravos as páginas simples e ingênuas da História de Carlos Magno".

Medicina e Espiritualidade

“Ciência, saúde, e espiritualidade: desafios e transformações do século XXI” é o tema do evento Medicina e Espiritualidade do Planeta (Mednesp) que já está agendado para os dias 3 a 6 de junho, na cidade de Goiânia (GO). A realização é uma parceria entre a Associação Médico-Espírita do Brasil (AME) e a AME Goiânia. Informações: www.mednesp2015.com.br
 Palestas
Campanha Viver em Família

terça-feira, 28 de abril de 2015

PACIÊNCIA

 Resultado de imagem para imagens da natureza
Onde estejas, apresentar o nome que te assinala, a idéia que te dirige, a roupa que te acolhe e os sinais que te identificam.
Em teu benefício próprio não olvides carregar onde fores a energia da paciência que te garanta a serenidade.
Se alguém te anuncia catástrofes iminentes, qual se trouxesse na boca o vozerio das trevas, ouça com paciência e perceberás que a vida permanece atuante, acima de todas as calamidades, à maneira do sol que brilha invariável, sobre todos os aguaceiros.
Quando a provação te visite, a modo de ventania destruidora, sofre com paciência e colherás dela renovado vigor semelhante à árvore que se refaz pela angústia da poda.
Diante do golpe que te alcança as fibras mais íntimas, suportam com paciência as dores do reajuste e cicatrizarão valorosamente as chagas do coração conquistando os louros da experiência.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Coerência no comportamento


orson-peter-carraraValores como a honestidade, a decência, a compostura e naturalmente que a plena identificação deles com as crenças que dizemos defender, revelam a coerência no comportamento social. Como conciliar atitudes indecorosas, violentas ou de atentado aos bons costumes em homens e mulheres que se dizem cristãos?
Sim, imagine o leitor um cidadão – seja qual for a religião a que se filie – que age em discordância com os ensinos que diz seguir. Existe aí uma grande incoerência entre o que “prega” e o que vive. Por sua vez, as religiões não podem responder pelo comportamento de seus seguidores. Todo comportamento contrário aos ensinos da religião, da moral, deve ser creditado à insânia humana que insiste em burlar a própria consciência.
Vários exemplos podem ser citados: a) Bêbados que fazem arruaças e responsabilizam o governo ou justificam-se reclamando da sorte; b) Violências de toda ordem, espancamentos em casa, traições conjugais ou gritos incontroláveis, levados a conta de gênio ruim; c) Desordens sociais, roubos e vandalismos considerados como meros divertimentos; d) Corrupção espalhada, permanecendo-se a noção do correto e do respeito às pessoas e às instituições.
Na verdade, nada é falta de sorte, culpa do governo ou de quem quer que seja. Age-se dessa ou daquela forma porque se permite a si mesmo adotar este ou aquele comportamento. Nada justifica um gesto de violência, de desrespeito ou de imoralidade senão a própria decisão individual marcada de desequilíbrio.

Ação ou reação?

De um modo geral, costumamos reclamar de tudo que nos ocorre. Reclamamos do congestionamento do trânsito, da chuva que nos surpreende à saída do escritório, da demora no atendimento do serviço público, da incompetência de profissional contratado etc, etc...
Contudo, o que é importante não perdermos de vista é como reagimos a esses contratempos. Habitualmente, nossa reação é de irritabilidade, nervosismo, quase agressividade.
No entanto, da forma como encaramos as situações adversas, seremos mais ou menos felizes.
Vejamos: se ao nos prepararmos pela manhã, descobrimos a camisa não tão bem passada, podemos descarregar nossa raiva em quem consideramos responsável.
Nossas exclamações envolverão a funcionária, a quem chamaremos de inabilidosa, irresponsável, preguiçosa. No entanto, serão os afetos mais próximos que nos ouvirão a voz alterada e as altercações em desequilíbrio.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

ATENDIMENTO FRATERNO HOJE

QUINTA:DAS 19:15 as 20:30hs -
Abertura: Presidente Antonio Rodrigues Ribeiro.
 Atendimento Médico Espiritual.
 Limpeza.
 Passe.

C. E. Caridade e Fé terá uma rádio espírita



Uma comissão organizada pela Coordenadora de Comunicação Social do Caridade e Fé, Ivana Fontenele, esteve reunida neste último dia 20 quando se definiram os últimos detalhes da emissora. A Rádio Ismael terá como lema ou bordão, a bandeira espírita que também norteia as ações da Federação Espírita Brasileira: "Deus, Cristo e Caridade".

A Rádio Ismael também fará a transmissão ao vivo de importantes eventos promovidos pelo Caridade e Fé e pelo Movimento Espírita de Parnaíba. Até o fim de Maio deste ano, a Rádio deverá estar finalizada e será lançada ao público através de mídias como TV, outdoor e panfletos.

UME - Parnaíba promove mais uma edição da Campanha Viver em Família


Fonte: Blog do caridade e fé

quarta-feira, 22 de abril de 2015

CURA COM CORTE NÃO É PRÁTICA ESPÍRITA

 
ATENÇÃO.....Existem médiuns espíritas e médiuns que não são espíritas. Portanto, nem todo procedimento de um médium condiz com os ensinamentos dos Espíritos que se encontram nas obras básicas codificadas por Allan Kardec. Veja o que Marlene Nobre disse, certa vez, em uma entrevista: “Nos Centros Espíritas que verdadeiramente estudam Kardec as pessoas não tem o aparato das cirurgias espirituais, elas tem, com certeza, assistência gratuita de todos os serviços e a mesma cura, quando são “merecedoras” disso. Pelo que se tem visto, é preferível os trabalhos de FLUIDOTERAPIA (Passe e água fluidificada) dos centros espíritas. Quanto às cirurgias espirituais executadas com cortes e introdução de objetos, não são aceitas pela AME (Associação Médica Espírita), acredita-se que a intervenção (a cura) pode se dar sem esses objetos.”Então, precisamos deixar bem claro que, não somos contra quem faz, mas não é procedimento da doutrina espírita. E se alguma casa espírita está fazendo este tipo de cura, é porque está faltando estudo.
 
Rudymara
 

O PASSE ESPÍRITA CURA?


Sim. Quando ministrado e recebido com fé, o passe é capaz de produzir verdadeiros prodígios. Quando Jesus curava dizia: "A tua fé te curou", porque a pessoa estava receptiva para o fluido que Ele estava doando. Então, o passe têm como objetivo o reequilíbrio do corpo físico e espiritual. Mas é preciso esclarecer que a cura não acontece em todos os casos. Ás vezes, o bem do doente está em continuar sofrendo. Por isso devemos explicar, segundo a visão espírita, porque ficamos doentes, porque uns conseguem curar-se e outros não, etc. Para que os que não alcançarem a cura, não saiam decepcionados achando que o Espiritismo é uma religião de charlatães. Os Centros Espíritas precisam, ao lado do passe, propiciar os meios para que frequentadores conheçam a doutrina e se exercitem num trabalho íntimo de evangelização, para a conquista da saúde definitiva. Onde está a saúde definitiva? Na alma.
No Cap. 21, do livro "Entre a Terra e o Céu" diz: "Um dia, o homem ensinará ao homem, consoante (junto) as instruções do Divino Médico, que a cura de todos os males reside nele próprio. A percentagem quase total das enfermidades humanas guarda origem no psiquismo. Orgulho, vaidade, tirania, egoísmo, preguiça e crueldade são vícios da mente, gerando perturbações e doenças em seus instrumentos de expressão."

Rudymara

 

EU AMO SER ESPÍRITA


Esta religião me explicou quem sou, de onde vim, para onde vou e o que estou fazendo neste planeta.
Ela ensinou que preciso olhar para dentro de mim, me compreender para poder compreender o próximo. Pois, se eu tenho meus conflitos, falhas, erros, dificuldades, defeitos, com certeza, todos que convivem comigo neste mundo, também tem. Estamos todos na luta, numa guerra interior, brigando conosco mesmo para corrigir estas falhas.
Ensinou que livre arbítrio não é propriedade minha, mas de todos, por isso devo respeitar quando alguém pensa e age diferente de mim. Não tenho o direito de impor nada a ela. E quando uso mau este livre arbítrio haverá uma consequência que terei de reparar nesta ou na outra encarnação. O plantio é livre mas a colheita obrigatória.
Que tenho direitos, mas tenho também obrigações e que meu direito acaba quando começa o do próximo.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

A PAZ NASCE NO LAR



Você já se deu conta de que as guerras, tanto quando a violência, nas suas múltiplas faces, nascem dentro dos lares? 

Em tese, é no lar que aprendemos a ser violentos ou pacíficos, viciosos ou virtuosos. 

Sim, porque quando o filho chega contando que um colega lhe bateu, os pais logo mandam que ele também bata no agressor.

Muitos pais ainda fazem mais, dizendo: "filho meu não traz desaforo para casa"; "se apanhar na rua, apanha em casa outra vez"! 

ALMAS EM PROVA


É possível estejas atravessando a provação de observar criaturas queridas, nas sombras de provação maior. 
Almas queridas anestesiadas no esquecimento de obrigações que lhes dizem respeito;

companheiros dominados por enganos que lhes furtam a paz;

filhos que se terão marginalizado em desequilíbrio;

e amigos que se afirmam cansados de esperar pela vitória do Bem para abraçarem depois larga rede de equívocos que se lhes farão caminhos dolorosos...

HISTÓRIA DE UM POLÍTICO REENCARNADO


J. Raul Teixeira conta que certo dia ia a uma conferência numa cidade importante do Brasil, e ao dirigir-se para almoçar num restaurante, com os seus anfitriões, enquanto esperavam que o semáforo abrisse para atravessarem larga avenida, ele via uma mulher andrajosa ali ao lado, no caixote do lixo a procurar comida e a separar o lixo mais limpo do mais sujo. Tal cena causou-lhe tamanha impressão, que perdeu a vontade de almoçar, embora a necessidade de o fazer. Enquanto tentava se recompor mentalmente, já no restaurante, pensando naquele ser que nada tinha, e ele ali num restaurante com os seus amigos, apareceu-lhe, através do fenômeno da vidência espiritual, um espírito amigo que o

CÂNCER NA VISÃO ESPÍRITA


Desde tempos imemoriáveis, a melhor medicina sempre foi a preventiva. O grande alquimista Paracelso insistia: "Não se deve tratar a doença; deve-se tratar a saúde". Podemos dizer que, o melhor meio para não se apanhar uma doença, consiste em se manter saudável. Ou seja, proteger o sistema imunológico, de forma a bloquear qualquer germe ou vírus que tentar invadir nosso organismo. Pode-se pensar que seja fácil atingir tal objetivo, através de uma boa dieta, escolhendo alimentos de baixo valor de colesterol, reduzindo o consumo de carne, abstendo-se de consumir açúcar, realizando exercícios físicos, enfim, submetendo-se a tudo aquilo que uma propaganda insistente nos propõe.

AMOR DE MÃE


Eu lhe dei a vida ,
mas não posso vivê-la por você .
Eu posso mostrar-lhe caminhos ,
mas não posso estar neles para liderar você .

Eu posso levá-lo à igreja,

terça-feira, 14 de abril de 2015

INFIDELIDADE


Quando o homem e a mulher decidem casar-se, assumem o compromisso de cultivar a fidelidade por toda a vida, mas muitos não o cumprem. Este número é bem maior entre os homens do que entre as mulheres. Na atualidade, o percentual de homens infiéis é bem maior do que o dos fiéis.
Em muitos casos, a infidelidade não traz maiores problemas, mas, em alguns, provoca situações verdadeiramente dramáticas, não só em relação à mulher, como também ao homem, com repercussões para o resto da vida.

TERÇA: DAS 19:15 as 20:30hs -
Abertura: Presidente Antonio Rodrigues Ribeiro.
Leitura de Graça Brito - Livro de Ramatis/Fisiologia da Alma.
leitura de Ana Catharina Pessoa - Psicografias de irmã Josefina.
Limpeza Astral.
Fluidificação das Águas.
Desenvolvimento Mediúnico e Psicografia.

Esquecimento temporário

 wellington-balbo
Corria o ano de 2007, e a aquela mulher ainda vivia no ano de 1967, época em que o marido a deixara para viver com outra. O ex-marido casou-se, teve filhos, e ela, lamentavelmente, vivia 40 anos atrás, pensando no que fizera de errado para perder o “amor de sua vida”.
Desde então foram tempos de tristeza. Não se casou, não mais namorou, e sequer fez novos amigos, tudo porque preferia ficar se machucando com um passado que deveria ser esquecido.
Ao tomar conhecimento dessa história, compreendemos as razões do esquecimento temporário que experimentamos ao reencarnarmos para as lides terrenas, sendo esse esquecimento um presente que a Providência Divina nos concede. Imagine o que ocorreria com a mulher da história acima se tivesse o conhecimento de todo seu passado?
Kardec abordou essa questão em “O Livro dos Espíritos” no capítulo “Esquecimento Temporário”, o codificador questionou os sábios da espiritualidade:

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Como identificar um Psicopata?

 Resultado de imagem para psicopata
A ciência calcula que entre 1% a 3% da população seja psicopata e, numa população carcerária, esse número sobe para 15%. Psicopatas são mais comuns do que se pensa e muito mais sutis do que mostra o cinema (eles não andam por ai com uma faca em uma mão e uma cabeça degolada na outra). O psicopata pode ser pessoa usando terno de grife ou roupa esportiva, ter beleza incomum ou espinhas na cara, ser analfabeto ou altamente qualificado. Em comum, psicopatas possuem uma série de problemas emocionais e, destituídos de qualquer empatia, tentam obter o que querem com muito charme, manipulação e habilidade.

Esse texto é a parte introdutória que o ajudará a identificar os sinais de alerta de um psicopata em potencial. Entretanto, importante salientar que há uma enorme gradação de psicopatias que vão desde pequenos problemas e seguem até o extremo dos assassinos em série (mais raros). Boa parte do estrago feito por esses indivíduos não chega ao extremo de matar alguém mas causa uma série de aborrecimentos. Não tenha dúvida: se houver um psicopata na sua vida, você precisará escapar dele rapidamente.


O que é exatamente um psicopata?

10 dicas para otimizar a Escrita Conscienciológica

  Resultado de imagem para imagens de psicografia
Quando se objetiva a realização de pesquisas e publicações voltadas a tarefa do esclarecimento e com enfoque assistencial, muda-se totalmente a dinâmica da escrita. A realização de uma gescon (gestação consciencial) é atividade séria de ampla responsabilidade que envolve vários processos como, por exemplo, o trinômio evocação-iscagem-desassédio. No contexto de aceleração da escrita conscienciológica, segue abaixo 10 dicas resumidas, entre muitas outras possíveis, para o aperfeiçoamento das redações conscienciográficas, já supondo que o tema está definido:

sexta-feira, 10 de abril de 2015

LAVA PÉS

POR QUE SOFREMOS ?



 Primeiramente, porque moramos num planeta de Provas e Expiações, ou seja, num planeta onde encarnam espíritos comprometidos com a lei de Deus. Estes espíritos estão tendo a oportunidade de corrigir faltas que cometeram em uma vida anterior. Na família, por exemplo, geralmente, nos reencontramos com os desafetos do passado que voltam como pai, mãe, filhos, irmãos, etc. Por isso, nos afinizamos mais com uns do que com outros. É a oportunidade de fazermos as pazes. Assim acontece com as doenças. Elas nos mostram o quanto é necessário prevenir para não precisar cuidar dela. Se uns estão sofrendo é porque estão colhendo e se outros estão abusando colherão.
19

quinta-feira, 9 de abril de 2015

A importância do sorriso e da mensagem otimista no ambiente da casa espírita

A importância do sorriso e da mensagem otimista no ambiente da casa espírita
Estávamos eu e um amigo conversando dia desses sobre o comportamento que devemos demonstrar a quem chega ao nosso ambiente espírita, e, por “coincidência”, tínhamos a mesma opinião, que penso ser a da grande maioria de nossos companheiros de ideal espírita, não apenas no ambiente de nossa instituição, mas no movimento espírita em geral, de que é de suma importância sabermos recepcionar os que chegam às dependências de nossas casas espíritas geralmente carregando enormes preocupações e variados problemas, ávidos por uma mão amiga estendida em sua direção.
Porém, o que constatamos quase que comumente é que não é assim que se processa essa relação entre quem chega e quem lá já está, pois não foram poucas as vezes em que particularmente tive a oportunidade de constatar tal comportamento, e, em diversas casas, entrei e saí sem que alguém tenha tido a boa vontade de se dirigir a mim, e não notei qualquer traço de alegria ou otimismo no semblante dos companheiros que lá sei que laboram, pois alguns já nos são conhecidos sem que tenhamos com eles qualquer vínculo maior de intimidade; em muitas dessas instituições pude até mesmo notar a fisionomia carrancuda em muitos desses confrades, e a ausência do calor humano e da saudação tão simpática de boas-vindas por parte desses tarefeiros em suas instituições, o que também me foi confidenciado pelo amigo que comigo trocava experiências e me disse mesmo que estava muito preocupado com a ausência de sorrisos e de calor humano no interior das instituições espíritas.

A reunião de desobsessão e a terapia do Evangelho

A reunião de desobsessão e a terapia do Evangelho
 Nas lides Espíritas, os “trabalhadores da última hora” (O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XX, item 02) têm conciliado, em suas atividades, duas das mais fascinantes ferramentas que Deus nos deu para possibilitar a nossa evolução: o Evangelho e a Mediunidade.
O primeiro, como sabemos, é o resumo da própria lei de Deus, lei universal ensinada por Jesus e interpretada, nos últimos dois milênios, por várias correntes religiosas. Todas as seitas cristãs propagam essa luz… Já o Espiritismo, sendo o Consolador prometido pelo próprio Cristo (João, XIV: 15 a 17) propõe a reinterpretação do Evangelho à luz dos seus princípios fundamentais (Deus, imortalidade, comunicabilidade, reencarnação e a pluralidade dos mundos habitados), possibilitando o entendimento dos ensinamentos de Jesus e sua aplicação e consequência à nossa vida.

A cada mil lágrimas

 Resultado de imagem para MOMENTO ESPIRITA
Em caso de dor ponha gelo
Mude o corte do cabelo
Mude como modelo
Vá ao cinema. Dê um sorriso
Ainda que amarelo, esqueça seu cotovelo

Se amargo foi já ter sido
Troque já esse vestido
Troque o padrão do tecido
Saia do sério, deixe os critérios
Siga todos os sentidos
Faça fazer sentido
A cada mil lágrimas sai um milagre...
A cada mil lágrimas sai um milagre...

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Trabalho de médiuns traz conforto para quem não tem mais esperança

Trabalho de médiuns traz conforto para quem não tem mais esperança
As equipes do Profissão Repórter encontraram histórias de dor e saudade. Cartas psicografadas e cirurgias espirituais levam conforto a quem sofre.

terça-feira, 7 de abril de 2015

Atendimento fraterno hoje

Hoje estaremos atendendo a partir das 19:15 até as 20:30hs.
Abertura: Presidente Antônio Ribeiro.
Leitura do Livro: Fisiologia da alma/Ramatis- Explicação: Graca Brito.
Leitura da Prece: Ana Catharina Pessoa.
Fluidificarão das águas.
Tratamento Médico Espiritual e cirurgia Espiritual.
Desenvolvimento Mediúnicos.
Psicografia.
Muita luz em nossos lares.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

A maior dor

Resultado de imagem para a maior dor
Qual é a maior dor?
Você já pensou nisso?
Um jovem deixou um bilhete aos familiares, pouco antes de cometer suicídio, e expressou no papel o que estava sentindo.
Disse ele que a maior dor na vida não é morrer, mas ser ignorado.
É perder alguém que nos amava e que deixou de se importar conosco. É ser deixado de lado por quem tanto nos apoiava e constatar que esse é o resultado da nossa negligência.
A maior dor na vida não é morrer, mas ser esquecido. É ficar sem um cumprimento após uma grande conquista.

As pequenas provas de nossos dias

A Páscoa na visão Espírita
Segundo o Espiritismo vivemos em um planeta de provas e expiações, o que nos coloca frente a grandes desafios existenciais que devem ser encarados sem pestanejar.
Jesus, aliás, bem antes da doutrina Espírita afirmava que no mundo teríamos aflições.
Claro, melhor do que qualquer pessoa deste planeta, Jesus sabia que, por conta de nosso nível evolutivo, passaríamos por situações um tanto quanto complicadas, mas perfeitamente superáveis. Portanto, não é novidade que seremos de vez em quando, ou de vez em sempre, visitados pelas dificuldades que, em realidade, são desafios para nossa evolução.

TODO DIA É SANTO


Páscoa é uma palavra hebraica que significa "libertação".
Esta festa surgiu para comemorar a libertação do povo hebreu da escravidão do Egito, através de Moisés.
Assumida pelos cristãos (católicos), a Páscoa Cristã é para eles, a lembrança de que Deus liberta (salva) seu povo dos “pecados” (erros), através dos ensinamentos de Jesus Cristo.
A comemoração acontece na época em que se lembra a crucificação de Jesus. Começa, infelizmente, após o término do carnaval, onde muitos já transgrediram Seus ensinamentos e termina no domingo onde Ele ressurgiu dos "desencarnados" para mostrar que Ele continua vivo e aguardando que O sigamos para que esta “libertação” de erros e falhas e/ou "renovação" de atitudes aconteça o mais breve possível.

Rudymara

 fonte: Grupo de estudos Allan Kardec

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Semana Espírita Chico Xavier 2015


Foi debaixo de uma chuva abençoada que caia na noite de quarta (01/04/15) em nossa Cidade de Parnaiba que aconteceu a palestra de Antonio Ribeiro ( Presidente do C E Perseveranca no bem) que encantou ao pequeno público presente com seu conhecimento que nos impressiona.
Parabéns a UME que nos presenteia com mais esse evento com responsabilidade e ensinamento representada Pelo Presidente Samuel Aguiar.

PÁSCOA NA VISÃO ESPÍRITA

Páscoa é uma palavra hebraica que significa "libertação". Esta festa surgiu para comemorar a libertação do povo hebreu da escravidão do Egito, através de Moisés. 
Assumida pelos cristãos (católicos), a Páscoa Cristã é para eles, a lembrança de que Deus liberta seu povo dos “pecados” (erros), através de Jesus Cristo, novo cordeiro pascal. A comemoração acontece na época em que se lembra a crucificação de Jesus. Começa, infelizmente, após o término do carnaval, onde muitos já transgrediram Seus ensinamentos e termina no domingo onde Ele ressurgiu dos "mortos" para mostrar que Ele continua vivo e aguardando que O sigamos. 

quinta-feira, 2 de abril de 2015

HOMENAGEM A CHICO XAVIER PELO SEU ANIVERSÁRIO DE NASCIMENTO


Com o expressivo depoimento que segue, homenageamos Chico Xavier pelo seu aniversário de nascimento  - 2 de abril de 1910 - desejando ao querido amigo toda a paz e a alegria que merece em sua nova morada. Parabéns, Chico, se você estivesse conosco, completaria 96 anos de lutas apostólicas. Pena que você partiu.Um abraço apertado dos amigos do GEEM.
Certa ocasião, em decorrência do estado de saúde, Chico não podia deslocar-se até o Centro. 
A multidão se comprimia na rua em frente a sua residência. 

quarta-feira, 1 de abril de 2015

O sentido espiritual da Páscoa - Escrito por Eliana Ferrer Haddad

Alunos festejam a Páscoa no Lar da Criança Emmanuel 







Com a aproximação das festas religiosas da Páscoa, é preciso lembrar que muito mais do que a fixação das imagens de suplício e de dor, do Mestre na cruz, devem prevalecer em nossas mentes os exemplos de amor que Ele deixou. Sua figura calma e serena e suas lições de felicidade e esperança, essas sim, devem fazer parte das nossas lembranças, convidando-nos à nossa renovação constante de todos os dias e não apenas nas datas comemorativas.
A verdade é que fazemos parte de uma história, cujas tradições e hábitos ainda estão fortemente arraigados em nós, que já passamos entre idas e vindas por tantas fases de despertar e conhecimento espirtual. Por isso é bom saber sobre os feriados “santos” de que desfrutamos.
Afinal, o que é a Páscoa?