#htmlcaption1 Deus, força e luz O evangelho ensinado e vivenciado ha 99 anos

domingo, 4 de outubro de 2015

NANISMO NA VISÃO ESPÍRITA


(...) Ele (Chico Xavier) afirmou que a pessoa encarna sob essa condição, basicamente por duas razões: a PRIMEIRA delas, a mais frequente, porque praticou o suicídio em outra existência e a SEGUNDA por ter abusado da beleza física, causando a infelicidade de outras pessoas.
O nanismo está particularmente ligado ao suicídio por precipitação de grandes alturas. O anão revoltado, segundo explicou-nos Chico, em geral é o suicida de outra existência que não se conforma de não ter morrido, porque constatou que a vida é uma fatalidade e, mesmo desejando, não conseguiu extingui-la.
Chico afirmou que o corpo espiritual sofre, com esse tipo de morte, lesões que vão interferir no próximo corpo, prejudicando particularmente a produção de hormônios, daí a formação do corpo anão, e as diversas formas de nanismo, mais ou menos graves, segundo o comprometimento do espírito.
Ele disse ainda que conhece mães e pais maravilhosos que têm aceitado a prova com coragem e amparado os filhos livro lições de sabedoria anões com muito carinho e dedicação. Reconhece que a explicação espírita através da lei de causa e efeito e das encarnações sucessivas contribui bastante para a resignação perante a prova. Suas palavras são de estímulo e encorajamento aos pais e portadores de nanismo para que não se revoltem e aceitem essa estágio na Terra como um valioso aprendizado para o espírito imortal.


Fonte: Livro, Lições de Sabedoria: Chico Xavier nos 22 anos da Folha Espírita - Marlene Rossi Severino Nobre.
Publicado na coluna da Liga Espírita Pelotense no dia 17 de Fevereiro de 2013 – JORNAL DIÁRIO DA MANHÃ.

 
 

 

0 comentários:

Postar um comentário