#htmlcaption1 Deus, força e luz O evangelho ensinado e vivenciado ha 99 anos

sábado, 19 de dezembro de 2015

A Traição da moça que não foi a manicure e sim p o motel

Mundo machista, né? Muita gente fazendo piadinhas, nas redes sociais, com a moça que traiu o marido dizendo que ia a manicure e foi ao motel com o melhor amigo do marido, mas ninguém faz piada com o traidor que era "amigo" do rapaz traido. Inclusive mulheres. No tempo de Jesus aconteceu a mesma coisa com uma adultera que estava para ser apedrejada, pois a lei dizia que: "SE UM HOMEM FOR ACHADO DEITADO COM UMA MULHER CASADA, AMBOS SERÃO MORTOS." (Deuteronômio (22:22). Vejam que a lei pede que mate ambos. Mas isso não aconteceu. Só a mulher foi condenada. E hoje, vemos a mesma sentença machista e injusta nas redes sociais. A moça está depressiva e perdeu o emprego. E o rapaz? Ninguém nem tocou no nome dele. Então, lembremos as palavras de Jesus: “AQUELE QUE DENTRE VÓS QUE ESTÁ SEM PECADOS, ATIRE A PRIMEIRA PEDRA.” Quando Jesus disse isso, ninguém teve coragem de atirar uma pedra sequer, porque todos tinham pecado. Daí Ele perguntou para a adultera: "ALGUÉM TE CONDENOU? E ela respondeu: NÃO. E ele concluiu dizendo: NEM EU TÃO POUCO TE CONDENO."....Então, quem somos nós para condenar, não é? Afinal, na mesma rede social vemos mulheres e homens comprometidas(os) compartilhando, curtindo e fazendo comentários em fotos de homens (mulheres) sarados(as), bonitões(onas). Isto também é desrespeito ao seu parceiro(a) e uma forma de adultério. Como está no O Evangelho segundo o Espiritismo: Jesus disse: "Um dos 10 mandamentos diz: Não adulterarás. Eu, porém, vos digo que todo o que olhar para uma mulher, cobiçando-a, já no seu coração adulterou com ela."(...) Jesus quis dizer que a verdadeira pureza não está apenas nos atos, mas também no pensamento." Hoje este alerta serve para ambos os sexos. Então, como disse Richard Simonetti: "• Devemos ser intransigentes conosco. Vigiar atentamente nossas ações; não perdoar nossos deslizes; criticar nossas faltas, dispondo-nos ao esforço permanente de renovação. É o despertar da consciência. • Devemos ser indulgentes com os outros. Evitar o julgamento, a crítica e as más palavras; respeitar o próximo, suas opções de vida, sua maneira de ser. É o despertar do coração. Quando aplicamos essa orientação, ocorre algo muito interessante. Quanto mais intransigentes conosco, mais indulgentes somos com o próximo, exercitando o princípio fundamental: Não podemos atirar pedras em telhados alheios, porquanto o nosso é de vidro, muito frágil." Antes de encerrar, precisamos fazer três observações: 1- não achamos certo o marido expor seu problema íntimo e a vida de uma pessoa numa rede social, é um ato de vingança e humilhação; 2- Não somos favoráveis a nenhum tipo de traição; 3 - não estamos estimulando piadas com o traidor. Só queremos fazer com que pensemos em nossos atos, eles podem ajudar ou destruir pessoas. Isto acarretará uma colheita. E que ninguém é tão certo que possa se achar com o direito de apontar falha alheia. Se Jesus não acreditasse que podemos ter atitudes melhores, ele não viria ao mundo nos ensinar. Pensemos nisso e não compartilhemos com isso, cristãos. Rudymara

1 comentários:

  1. Nossa...nunca imaginei tantas verdades em um comentário como esse.seria bom se tivéssemos pessoas assim para nos orientar com tanta clareza como foi feito aqui.teríamos um mundo menos poluído.bom dia

    ResponderExcluir