#htmlcaption1 Deus, força e luz O evangelho ensinado e vivenciado ha 99 anos

terça-feira, 22 de março de 2016

Dê o exemplo

Resultado de imagem para exemplos
Dê o exemplo
                         Comunicação recebida na Sala
                                  Bezerra de Menezes dia 25 de junho de 2015, na reunião de vibração bimestral do CEAL

                    Pai de amor e bondade abençoe a cada um de nós que trabalha nesta casa de amor e doação, onde deve imperar o amor de Cristo na sua pureza e simplicidade, sem restrições e sem privilégios.
                    O Cristo veio para os doentes, pois os sãos não necessitam do remédio divino, pois já alcançaram a cura real. Nós, habitantes deste planeta, somos todos necessitados dos esclarecimentos, das orientações e dos exemplos trazidos pelo Divino Amigo. Desta forma, nenhum de nós tem o direito de atirar nenhuma pedra, por menor que seja, em nenhum de nossos irmãos de caminhada.
                    Nós, que temos a oportunidade e a felicidade de encontrarmos o consolador prometido por Jesus, devemos ser os primeiros a exercitar a caridade com nossos irmãos de caminhada, que tantos erros cometem por ignorância quanto às Leis do amado Pai. Nesta Casa temos oportunidade de sabermos de onde viemos, para onde vamos e porque estamos habitando este planeta, tendo oportunidade de exercermos a fé raciocinada.
                   Trabalhemos para nossa iluminação própria para assim podermos iluminar o caminho daqueles que caminham conosco. De que vale colocarmos a candeia debaixo do alqueire? De que adianta julgarmos os enganos cometidos pelos nossos irmãos, se não lhes damos oportunidade de levantar e recomeçar a caminhada? Irmãos, precisamos dar o exemplo.
                   Que o Roteiro Divino, trazido pelo grande Mestre, não fique só em nossas mentes e em nossas bocas, mas essencialmente em nossos corações. Nas horas difíceis, em que sentirmos vontade de sentar à beira da estrada, procuremos forças para prosseguir em nosso Irmão Maior, que sofreu incompreensões, perseguições e sofrimentos maiores do que qualquer um de nós e nunca esqueceu que o Pai está no comando, olhando por cada um de seus filhos; que Ele é infinitamente bom e justo e não deixaria nenhum de seus filhos sofrer injustamente.
                   Tudo que nos ocorre é para nosso aprendizado e cada dificuldade superada nos serve de fortificante para continuarmos a caminhada mais esclarecidos. Amem para serem amados e felizes, nunca esqueçam que o trabalho é do Cristo, é a Ele que devemos prestar contas de nossos pensamentos e nossos atos.
                    Abrace a cada irmão que lhe procure, como se estivesse abraçando ao próprio Mestre, pois afinal, somos todos filhos do mesmo Pai e um dia nos reuniremos nas esferas dos felizes e compreenderemos a essência divina de nosso Pai Celestial. Graças a Deus.

                                                                                                 Um espírito amigo.

0 comentários:

Postar um comentário