#htmlcaption1 Deus, força e luz O evangelho ensinado e vivenciado ha 99 anos

quinta-feira, 10 de março de 2016

UMA NOVA TERRA EXIGE NOVOS GESTORES

Quando me deparo diante de inúmeros casos de generalizada corrupção, de continuada má gestão da coisa pública e de uma aparente falta de perspectiva, reservo um tempo à razão e avalio com carinho e profundidade as promessas de Jesus quanto à "Jerusalém renovada".
Também acalma meus anseios as comunicações que são trazidas pela inspiração do alto, em mensagens que nos enchem de esperança e lançam novo oxigênio de ânimo as nossas tristezas e inseguranças, diante de um caos que se instala de forma crônica e preocupante na condução dos destinos desta nação.
Abaixo uma pequena amostra do consolo que nos fortalece e nos dá a energia da convicção de que o Pai não desampara os seus filhos.
Tão somente os lança ao solo como sementes e aguarda aqueles que germinarão os frutos, decorrentes de seus arbítrios nas escolhas do melhor plantio que ofertarem.
Aos que desperdiçaram o solo fértil da prova ou da expiação e o tempo ensolarado do arbítrio mal empregado, só lhe restam as novas terras do astro intruso para suas futuras sementeiras.
É desta forma que adentraremos a regeneração e recomeçaremos o novo plantio.
Aguardemos a chacoalhada do eixo...
Boa leitura!
EXCERTOS DA OBRA (a ser lançada) MISSÃO PLANETÁRIA - O FUTURO DA TERRA
De Ramatis, Akenaton e outros
Psicografado por Sávio Mendonça
NA POLÍTICA E GESTÃO PÚBLICA
Não haverá eleições nos moldes atuais da democracia com baixo padrão moral e repleta de pessoas interesseiras.
A senha para cargos superiores não será a busca pelo poder e interesses próprios, nem salário alto (não vai superar três vezes o de um trabalhador dos mais simples), mas será o nível elevado de padrão ético, de consciência e amor fraterno dentro de si, avaliado por orientadores espirituais e até por aparelhos avançadíssimos (que lerão a aura da pessoa e mostrarão a todos os cidadãos).
As pessoas que assumirão cargos de direção nas regiões e localidades, e no planeta, não serão candidatas com campanhas, como ocorre hoje, mas serão convocadas pela sociedade, a partir de sugestão dos Guias Espirituais do Planeta.
Haverá rodízios de tempos em tempos (não mais que 3 anos) para os cargos.
Haverá democracia. Entretanto, a política não mais será balizada pelos interesses pessoais, pela corrupção, arrogância, vaidade e manipulações escusas.
Quanto maior a posição, mais serão exigidos consciência ampliada e amor fraterno-universal.
Os primeiros dirigentes terrenos da Nova Era, desde os momentos mais turbulentos do planeta, bem como os que vierem logo depois, serão escolhidos por um Conselho Planetário, composto por irmãos da Espiritualidade Maior.
Já vêm sendo devidamente preparados irmãos a encarnar e mesmo os encarnados, os quais vêm recebendo orientações durante o sono, para assumir a gestão do Brasil, que será a futura região planetária a conduzir os destinos do planeta.
Haverá um momento em que a desestruturação do sistema econômico e os desastres globais serão tão intensos que se formará um processo de caos em cadeia.
Nesse instante, muitos irmãos do astral estarão em trabalho ativo, juntamente com extraterrenos que descerão em auxílio.
As estruturas de poder ruirão. Grande parte dos congressistas desencarnará ou tentará, em vão, fugir do caos, o mesmo ocorrendo com a grande maioria dos ministros e dirigentes públicos.
Nesse momento um grupo de doze pessoas será escolhido para formar um conselho gestor, que terá um presidente. Essas pessoas serão orientadas espiritualmente.
Os outros países sofrerão muitos abalos geofísicos e terão suas estruturas socioeconômicas completamente ruídas. Muitos migrarão para o Brasil, onde, por ser o futuro líder global, haverá vasta preservação e será evitado que se instale um vácuo de poder e um caos descontrolado.
A fome deverá ser suprida com esforço, inteligência e senso de organização, por isso, antes do caos instalado, haverá grandes safras de grãos e estes estarão armazenados adequadamente.
Quando a ordem estiver instalada no Brasil muitas naves descerão em auxílio aos de corações mansos.
No Brasil, serão escolhidos dirigentes por regiões do país. Esse processo de escolhas auxiliado por irmãos de outros orbes e pelo Conselho da Administração Espiritual da Terra, também ocorrerá em outros países.
Neste momento, uma decisão será tomada por todos: não haverá mais fronteiras entre os paises; todos serão irmãos planetários e deverão se ajudar a construir um novo planeta, sustentável, humano, fraterno, justo.
Haverá regiões onde hoje são países, sub-regiões ao que se chama de estados, e microrregiões a um conjunto de municípios.
Cada um desses níveis terá um conselho diretivo composto por 3 pessoas.
Do Brasil se irradiará a luz do amor Crístico para todo o planeta.
O Brasil não será dos brasileiros, mas da Terra, irmanada pela fraternidade cósmica.
O planeta não estará mais isolado e o intercâmbio entre extraterrenos e terráqueos será uma constante.
Todos os cargos relevantes serão preenchidos a partir de consultas à Espiritualidade Maior, em sessões mediúnicas do Conselho Mentor do Planeta, formado por entidades que encarnarão somente com esse propósito.
Alegria pelos tempos que estão chegando!
Akenaton.

0 comentários:

Postar um comentário