#htmlcaption1 Deus, força e luz O evangelho ensinado e vivenciado ha 99 anos

sábado, 29 de outubro de 2016

XXVII Semana Espírita Humberto de Campos inicia nesta segunda (24)


Terá início nesta segunda feira, 24 de outubro, a XXVII Semana Espírita Humberto de Campos, na cidade de Parnaíba. A programação realizada pelo movimento espírita de Parnaíba, em comemoração aos 50 anos da obra "Cartas e Crônicas", autoria de Irmão X, pseudômino utilizado por Humberto de Campos e psicografada pelo saudoso médium, Francisco Cândido Xavier, consta de palestras nas casas espíritas, conforme cartaz abaixo e, conferência de encerramento na Praça do Cajueiro de Humberto de Campos.
A Semana Espírita Humberto de Campos, de iniciativa do movimento espírita de Parnaíba, homenageia o escritor maranhense que viveu parte de sua infância na cidade de Parnaíba e no movimento espírita brasileiro, pelas inúmeras obras psicografadas de elevado conteúdo doutrinário.

CONCEITOS E PRECONCEITOS

conceito-e-preconceito
Desde sempre em existências continuas, alimentamos em nossas concepções uma infinidade de conceitos arraigados que acabam muito facilmente se transformando em preconceitos capazes de agredir moralmente aqueles que ao nosso redor decidem optar por uma determinada forma de vida. Nosso livre arbítrio nos permite acreditar que a forma como agimos é o melhor para nós.
A vida nos propõe os meio adequados para nossa sobrevivência, nossas escolhas acabam transformando as oportunidades provedoras de esclarecimentos em atitudes reprovativas, daí gerando assim meios para que a maioria se coloque na condição de juízes, não compreendendo que ainda necessitamos passar por grandes percalços na vida para de fato aprendermos a aceitar a condição de vida de cada um.
Para os que já detêm o conceito que o corpo vem corpo, mas o espírito não vem do Espírito, não se faz justo interpretar de forma errônea as atitudes alheias.
A doutrina espírita nos ensina e exemplifica com muita clareza que não devemos em momento algum desprezarmos aqueles que não conseguem ainda aceitar esses exemplos, somos todos filhos de Deus, que nos proporcionou o poder de decisão, por isso mesmo devemos seguir o conceito que Jesus nos prega “Cada um à suas Obras” e completa, “A semeadura é livre, porém a colheita é obrigatória”; sigamos então esses ensinos e busquemos a aceitação da forma de vida de cada um, se tivermos que criar conceitos, que sejam para o benefício dos que julgamos e ao notarmos que estamos sendo preconceituosos, oremos e nos esclareçamos mais e melhor para que esse mal sentimento desapareça de nossa consciência.
Estudemos, assimilemos, internalizemos e coloquemos em prática os conceitos e ensinos do Cristo, afinal, Ele é, foi e é o maior criador de conceitos extremamente benéficos para todos nós.
Paz a Todos.
Pedro Aguiar.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

SITUAÇÕES


Se um dia te encontrares em situações tão difíceis que a vida te pareça um 
cárcere sem portas; sob o cerco de perseguidores aparentemente imbatíveis; 
sofrendo a conspiração de intrigas domésticas; na trama de processos 
obsessivos; no campo de moléstias consideradas irreversíveis; no laço de
paixões que te conturbem a mente; debaixo de provas que te induzam à
desolação e ao desânimo; sob a pressão de hábitos infelizes; em extrema
penúria, sem trabalho e sem meios de sobrevivência; de alma relegada a
supremo abandono; na área de problemas criados pelos entes a que mais ames;
não desesperes.
Ora em Silêncio e confia em Deus, esperando pela Divina Providência, porque
Deus tem estradas, onde o mundo não tem caminhos.
É por isto que a tempestade pode rugir à noite, mas não existem forças na
Terra que impeçam, cada dia a chegada de novo amanhecer.

********

Livro: Amizade - Francisco Cândido Xavier / Meime

NO JUSTO MOMENTO Albino Teixeira



No justo momento em que:
O fracasso lhe atropele o carro da esperança;
O apoio habitual lhe falte à existência;
A ventania da advertência lhe açoite o Espírito;
A aflição se lhe intrometa nos passos;
A tristeza lhe empane os horizontes;
A solidão lhe venha fazer companhia;
No momento justo, enfim, em que a crise ou a angústia, a sombra ou a tribulação se lhe façam mais difíceis de suportar, não chore e nem esmoreça.
A água pura a fim de manter-se pura é servida em taça vazia.
A treva da meia-noite é a ocasião em que o tempo dá sinal de partida para nova alvorada.
Por maior a dificuldade, jamais desanime.
O seu pior momento na vida é sempre o instante de melhorar.

sábado, 15 de outubro de 2016

Atendimento fraterno

Resultado de imagem para atendimento na casa espirita
SÁBADO:DAS 17:00 as 18:00hs - 
Abertura: Presidente Antonio Rodrigues Ribeiro.
Estudo Sistematizado.
Passe Magnético.

Ser Professor (Homenagem ao Dia do Professor)

Resultado de imagem para imagensde professores
Ser professor é professar a fé e a certeza de
que tudo terá valido a pena se o aluno sentir-se feliz
pelo que aprendeu com você e pelo que ele lhe ensinou...
Ser professor é consumir horas e horas pensando
em cada detalhe daquela aula que, mesmo ocorrendo
todos os dias, a cada dia é única e original...
Ser professor é entrar cansado numa sala de aula e,
diante da reação da turma, transformar o cansaço
numa aventura maravilhosa de ensinar e aprender...
Ser professor é importar-se com o outro numa
dimensão de quem cultiva uma planta muito rara que
necessita de atenção, amor e cuidado.
Ser professor é ter a capacidade de "sair de cena,
sem sair do espetáculo".
Ser professor é apontar caminhos, mas deixar que
o aluno caminhe com seus próprios pés...
Feliz dia dos Professores!

Parabéns a todos os professores

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Atendimento fraterno terça-feira

Resultado de imagem para mãos de deus
TERÇA: DAS 19:15 as 20:30hs -
Abertura: Presidente Antonio Rodrigues Ribeiro.
Leitura de Graça Brito - Livro de Jacob Melo/ O Passe
Palestra de 15 min. de Ana Catharina Pessoa - Do livro O Evangelho Segundo Espiritismo - aplicado nos dias de hoje .
Limpeza Astral.
Fluidificação das Águas.
Tratamentos e cirurgias espiritual.
Desenvolvimento Mediúnico e Psicografia.

PARENTES DIFÍCEIS


Aceite os parentes difíceis na base da generosidade e da compreensão, na certeza de que as Leis de Deus não nos enlaçam uns com os outros sem causa justa.
O parente-problema e sempre um teste com que se nos examina a evolução espiritual.
Muitas vezes a criatura complicada que se nos agrega à família, traz consigo as marcas de sofrimento ou deficiências que lhe foram impostas por nós mesmos em passadas reencarnações.Não exija dos familiares diferentes de você um comportamento igual ao seu, porquanto cada um de nós se caracteriza pelas vantagens ou prejuízos que acumulamos na própria alma.Não tente se descartar dos parentes difíceis com internações desnecessárias em casas de repouso, à custa de dinheiro, porque a desvinculação real virá nos processos da natureza, quando você houver alcançado a quitação dos próprios débitos ante a Vida Maior.Nas provações e conflitos do Lar terrestre, quase sempre, estamos pagando pelo sistema de prestações, certas dívidas contraídas por atacado.

**********

Fonte: Blog Centro Espírita Casa do Caminho

A PRECE AJUDA OS DESENCARNDOS


Quando sentimos saudade dos parentes, ou dos amigos que estão vivendo muito distantes de nós, simplesmente telefonamos para eles, matando a saudade. Assim acontece, também, quando sentimos falta dos entes queridos que partiram para o mundo espiritual, e falamos com eles através da oração.

Para tanto, usamos o “celular” do nosso pensamento, pois, ao orarmos, emitimos
 um fio luminoso que é impulsionado pelo sentimento de amor, que vai em direção a esses Espíritos que continuamos amando e que continuam a nos amar. Pelo “celular” do nosso pensamento, podemos ligar para eles de qualquer lugar onde estejamos.

Por isso é que não precisamos ir ao cemitério no Dia de Finados, para orar em favor dos nossos parentes e amigos desencarnados. A nossa oração pode ser feita em casa, no hospital, na prisão, no templo religioso, enfim, não importa o lugar, desde que a oração seja feita com sinceridade.

Se eles são felizes, com as nossas preces aumentamos ainda mais a felicidade deles; e caso estejam sofrendo, como os Espíritos dos suicidas, por exemplo, as nossas orações têm o poder de suavizar as suas amargas dores espirituais pelo gesto de rebeldia contra as Leis de Deus, e ajudá-los a saírem da perturbação na qual se encontram.

Por fim, sugiro a seguinte prece:

“Jesus! Para aqueles que me antecederam na viagem em direção ao mundo espiritual, e que prosseguem ligados ao meu coração, apertado pela saudade, rogo as Tuas bênçãos banhadas na luz da Infinita Bondade.
Ajuda-os, Senhor, para que tenham forças a fim de continuarem na vida espiritual trabalhando pelo bem rumo à Vida Eterna. E quando tiverem a Tua permissão, possam vir ao meu encontro, para enxugar minhas lágrimas derramadas pela dor da saudade que sinto diante da ausência deles."

Que Assim Seja, Senhor

GERSON SIMÕES MONTEIRO 

Fonte: O Consolador

A PARTE MAIS IMPORTANTE DO SEU CORPO


Qual será a parte mais importante do corpo? Eis uma questão, com certeza, de difícil solução. Pois, uma mãe muito jovem perguntou a seu filho, um dia, exatamente isso.

O menino pensou um pouco e se lembrou de como o som é importante para os seres humanos, permitindo a audição da voz humana e dos sons dos animais, do vento, da chuva, da música.

Por isso, respondeu:

“Minhas orelhas”, mãe.

“Não, você não acertou. Mas, não se preocupe. Continue pensando no assunto. Em outra oportunidade, volto a lhe perguntar.”

Algum tempo se passou até que a mãe tornou a fazer a mesma indagação. O garoto, que desde a sua primeira tentativa de resposta, frustrada, pensara muito no assunto, respondeu logo:

“Mãe, a visão é muito importante para todos. É ela que nos permite vislumbrar a beleza das cores, o rosto dos nossos amores, as cenas dos filmes, do teatro. Então, a parte mais importante do corpo são os nossos olhos.”

“Você está aprendendo rápido”, disse a mãe, “mas a resposta ainda não está correta. Pode-se viver sem a visão dos olhos. Pense em quantos cegos existem pelo mundo.”

O menino não desistiu e continuou a sua busca pela resposta, ao longo do tempo. Vez ou outra, a mãe voltava à carga e a cada resposta dele, ela frisava:

“Não, não é esta parte a mais importante. Mas você está ficando mais esperto a cada ano, minha criança.”

O tempo passou e um dia, morreu o avô do menino. Todos ficaram tristes. Ele era muito amado. Todos choraram. O jovenzinho viu seu pai chorar. Aquilo o marcou porque era a segunda vez, em sua vida, que via seu pai chorar.

Então, sua mãe olhou para ele, quando ele se aproximou do caixão para, de sua intimidade, dirigir um até logo mais prolongado ao avô.

E ela perguntou:

“Filho, agora você já sabe qual a parte do corpo mais importante?”

O rapaz ficou chocado. Aquele não era um momento próprio para fazer aquela pergunta. Mesmo porque, desde a infância, ele sempre levara tudo aquilo à conta de um jogo entre ele e sua mãe.

Um jogo que ele pensava ganhar um dia, quando descobrisse a resposta correta.

Mas, aquele momento era de muita dor para se pensar em jogo. Ainda confuso, ele ouviu a mãe ponderar:

“Esta pergunta é muito importante. Mostra como você viveu realmente a sua vida. Para cada parte do corpo que você citou no passado, eu lhe disse que estava errado. Mas hoje é o dia que você necessita aprender esta importante lição.”

Ela olhou o filho daquele jeito que somente uma mãe pode fazer. Havia lágrimas em seus olhos, quando falou:

“Meu querido, a parte do corpo mais importante é seu ombro.

“Por que eles sustentam minha cabeça?”

“Não, filho. É porque pode apoiar a cabeça de um amigo ou de alguém amado quando eles choram.”

Todos precisam de um ombro para chorar em algum momento de sua vida, meu querido.

Eu espero que você tenha bastante amor e amigos. E que tenha sempre um ombro disponível se acaso precisarem chorar.

Pense nisso!

As pessoas poderão esquecer do que você disse, depois de algum tempo. Mesmo porque, quase sempre não nos habituamos a escutar com o coração e a memória nos trai.

As pessoas poderão esquecer do que você fez, com o passar dos anos. A memória da gratidão costuma empalidecer no decurso dos anos.

Mas as pessoas nunca se esquecerão de como você as fez sentir, da amizade que ofertou, da
emoção que proporcionou, da solidão que preencheu, do amor que semeou.

INFLUENCIAÇÕES ESPIRITUAIS SUTIS


Estamos aqui diante de um assunto sem fim, que é a Paz! Esse tema nos emociona, permeia nossos sentimentos, num sonho muito grande de toda a humanidade de que a Paz pode realmente ser conquistada.

Este tema nos estimula a refletir sobre a nossa vida, nossa conduta, nossa postura diante dos fenômenos que acontecem por aí e é preciso falar sobre as sobre as tentativas de minimizar as dificuldades e diferenças sociais, preconceitos e injustiças.

Então, todo o estímulo que a sociedade receba, que vise a confraternização tendo esses princípios maiores de vida, que são as Leis Morais dentro do conceito da solidariedade, igualdade e justiça. E, se não conseguimos fazer isso de forma aberta, através da mídia em geral, podemos fazer dentro da individualidade, no nosso dia a dia.

A Doutrina Espírita e esses grandes colaboradores na oxigenação de novas idéias vêm exatamente procurar dar para a criatura humana a capacidade dela lidar com o seu próprio potencial, no sentido de construir aquilo que tem dentro de si, mas não concretizou em termo de consciência e posição como ser.

Quando falamos de amor, fraternidade, caridade, vem à mente caridade, vem à mente que tudo isso se refere a uma única situação, que é imprescindível ao ser humano: a lei natural da necessidade do ser humano viver em sociedade. Ele não pode viver isoladamente no mundo porque, se fosse dessa forma, não precisaríamos desses conceitos de fraternidade e bom relacionamento e também da caridade. Se o indivíduo tivesse uma convivência dele e com a natureza somente, sem interrelações
com outros indivíduos, muito daquilo que estamos conceituando como valores importantes para a vida não precisariam existir.

Se os valores existem é porque o ser humano necessariamente precisa aprender a viver em sociedade. É justamente nesse entrelaçamento de vivências que o indivíduo vai desenvolver sua paciência, tolerância, desenvolver virtudes que ainda não tem, compreender as Leis Naturais, quais sejam, a tolerância, a paciência, a compreensão, a Lei de Justiça e caridade. Esses fatores estão na base de toda a sociedade equilibrada, justa e fraterna.