#htmlcaption1 Deus, força e luz O evangelho ensinado e vivenciado ha 99 anos

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Por que as críticas têm peso maior do que os elogios?

Os seres humanos passam constantemente por desafios e provas que os levam a um alto grau de autocrítica. Muitas pessoas observam os pontos negativos dos outros, e consequentemente, o julgamento já virou algo normal.
Mas muitas vezes, aquele que julga esquece de olhar para seus próprios defeitos. E hoje, desde o estilo de roupa, gostos e até escolhas são criticadas e julgadas por terceiros superficialmente. Mas não são todas as críticas que são prejudiciais. Existe a crítica construtiva, que pode ajudar no desenvolvimento de uma pessoa. Por exemplo, em alguma situação no trabalho, ou um sermão dado por um professor a um aluno.

Mas, às vezes, críticas negativas chamam mais atenção do que os próprios elogios. Por que acontece isso?

Consequências das críticas

Como já mencionado anteriormente, as críticas quando são construtivas podem ajudar uma pessoa a se aperfeiçoar em algo, mas existem estudos que apontam que críticas e elogios em excesso podem não ser tão bons assim, pois afetam a nossa percepção. Pesquisadores, em um artigo publicado no jornal britânico The Guardian, apontaram que existe uma função neurológica que faz com que as pessoas se atentem mais às coisas negativas do que às positivas.

“Nós evoluímos para responder rápida e intensamente aos estímulos negativos. Há milhares de anos, estímulos negativos eram sinônimos de morte, então, quanto mais rápido você os absorvesse, melhores seriam suas chances de sobreviver”, disse um dos pesquisadores. Os seres humanos são egocêntricos, segundo alguns pesquisadores, e isso quer dizer que naturalmente, vemos os outros pelo crivo de nossas próprias experiências.

Segundo algumas teorias, as pessoas consideram mais uma crítica negativa, pois, apesar da evolução, críticas ainda são estímulos negativos e nós precisávamos responder a esses estímulos muito rapidamente por que eles poderiam nos levar à morte. Ao contrário, os elogios são estímulos positivos, que não requerem um grande nível de ação imediatamente.

Nas culturas de alguns países não é educado criticar alguém publicamente, enquanto fazer um elogio na frente de todos é algo corriqueiro. Para grande parte das pessoas receber uma crítica negativa em público marca muito mais do que receber um elogio, pois elas são mais raras do que o próprio elogio.

Pense antes de falar

O peso das críticas negativas pode ser maior para pessoas com depressão e baixo autoestima, pois elas já vivem focadas em seus aspectos negativos. Criticar negativamente, ou fazer bullying com pessoas nessas condições só vai piorar o quadro, e isso pode ter sérias consequências no futuro. 


Não existe nenhuma explicação perfeita de por que ficamos tão abalados quando somos reprovados ou rejeitados por terceiros, mas estudos e teorias tentam compreender esse tipo de comportamento.

0 comentários:

Postar um comentário