#htmlcaption1 Deus, força e luz O evangelho ensinado e vivenciado ha 99 anos

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) | VISÃO ESPÍRITA

toc
TV MUNDO MAIOR | Ricardo Guelfi de Souza
O Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) se trata de uma doença que causa sofrimento psicológico e, em alguns casos, físicos.
As manias são confundidas com esse transtorno, porém, a diferença está na constituição de hábitos rotineiros relacionados à organização ou a repetição de costumes. O resultado das manias, geralmente, leva a uma satisfação por parte da pessoa, não se aplicando a quem sofre do TOC.
O TOC compromete o funcionamento global do indivíduo causando a dor psicológica e é dividido na fase de obsessão e compulsão. Na obsessão, o paciente sofre de pensamentos intrusivos que causam desconforto.
A compulsão surge como tentativa de alívio diante desse pensamento, criando assim ritos e cerimônias com o caráter visual, para combater o pensamento involuntário.
Há quatro sintomas marcantes que podem se manifestar individualmente ou em conjunto. São eles: a sensação de sujeira, dúvidas constantes, pensamentos de ordem e obsessões isolados.
O primeiro é o pensamento constante de contaminação, tendo como consequência a compulsão pela limpeza. Por exemplo: casos de pacientes que lavam as mãos a cada 5 minutos, fator que muitas vezes leva à ferimentos físicos.
A dúvida constante e a necessidade de verificação é outro sintoma comum. Estas pessoas costumam verificar repetidamente janelas, portas e o botão do fogão, sendo um fator que surge aleatoriamente no pensamento.
O pensamento de ordem e simetria é um outro caso do TOC tendo a compulsão pela organização de cores e medidas. Por exemplo, como um quadro na parede que deverá ser arrumado até que esteja no alinhamento considerado correto pela pessoa.
Os pensamentos isolados, levando a um ato de compulsão, também caracterizam o TOC. É recomendado a procura de psicólogos e psiquiatras no caso de identificação ou reconhecimento de pessoas próximas, dentro dos sintomas apresentados.
É importante reiterar que o TOC é uma doença que pode ser causada pela influência do ambiente, como uma criação rígida, exigente e controladora. A herança genética e a predisposição pessoal também são fatores que geram esse transtorno.
A doutrina espírita explica que as doenças são experiências necessárias para a evolução do espírito. Os sofrimentos fazem o indivíduo refletir a maneira de como está sendo conduzida a encarnação, os cuidados com o corpo e a disposição em ajudar o próximo.
Não se pode descartar, no caso do TOC, a percepção de obsessão espiritual. É possível que os sintomas sejam influenciados por desencarnados com más intenções, porém, é mais presente a auto-obsessão nos casos do transtorno, mediante o sofrimento causado a si mesma.
A busca de tratamentos médico e espiritual são fundamentais no combate a essa doença. A mobilização pelo bem contribui para afastar pensamentos intrusivos, pois a prática da caridade distancia a pessoa do egoísmo. Tenha fé e amor por sua vida e das pessoas ao seu redor.
Para saber mais sobre o assunto, assista:
Transtorno Obsessivo Compulsivo – Jesus e o Logos
Parte 1

0 comentários:

Postar um comentário