#htmlcaption1 Deus, força e luz O evangelho ensinado e vivenciado ha 99 anos

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Comemoração do centenário do C E Perseverança no bem/ Parnaíba - Piaui.

Abertura das comemorações do centenário do Centro Espirita Perseverança no bem da cidade de Parnaíba- Piaui.

 O musico Josilton encantando com seu talento

A prece de abertura foi proferida pela nossa irma bela e amada Roselane com toda sua sensibilidade proferiu uma prece que tocou profundamente a todos que estavam na plateia.


A presença do presidente da FEPI Sr. José Lucimar
Presidente da UME Sr. Samuel Aguiar
Presidente do C E Perseverança no bem Antonio Ribeiro.

 Antonio Ribeiro fez a abertura das comemorações do centenario e no seu discurso relembrou-nos de alguns de seus trabalhadores que ja passaram pelo " C E Perseverança no bem" e deram sua contribuição, como Sr. Luiz e a familia de Clauder Ciarlini.

 A família Brito, Graça Brito, Deusdedthi e José Brito com sua matriarca D. Zeneide que foram lindamente homenageados pelos mais de 60 anos sendo guardiães desta casa Santa.
 A conversa fraterna ficou por conta dos palestrantes, Adalberto Baquit de Fortaleza e Raul Ventura de Teresina ambos debateram sobre o livro "A Gênese" de Allan Kardec que este ano comemora 160 anos de contribuição ao espiritismo.

Rosário Brasil nossa trabalhadora há mais de 40 anos na cassa (a professorinha) como é carinhosamente chamada pela espiritualidade.

Nossa porta, nossos braços e olhos entre a espiritualidade e a nós da casa, sempre nos trazendo mensagens psicografadas de grande relevância para a casa e para a humanidade, discreta e disciplinada D. Rosário nos presenteou com uma linda mensagem psicografada recebida por ela de Alarico da Cunha.

Antes de iniciar seu trabalho quando vai receber uma psicografia ela tem todo uma preparação e códigos, a mim (Ana Catharina) já descrito pela mesma que já me depositou seu trabalho e sua confiança. Tenho no acervo do centro espirita perseverança no bem mais de sete cadernos/agendas onde ela como boa professora que é, guardou suas psicografias mas não foram ainda autorizadas pela espiritualidade para serem expostas, são verdadeiras obras primas e de grande relevância para as pessoas que buscam conhecimento e aprendizado entre os dois mundos.

Existe entra ela e seu mentor uma seriedade e disciplina muito grande para não se enganar  e nem muito menos enganar os que dela depositam toda sua credibilidade, fé e dor.
AMANHA SERÁ POSTADO A PSICOGRAFIA DE ALARICO DA CUNHA.
















No encerramento a prece feita por Ana Catharina Pessoa que esta nesta casa Santa como a (4ª) quarta geração de sua família que frequenta esta casa Santa, ela que é Bisneta de Augusto Pessoa, este foi bibliotecário do C E Perseverança no bem, depois seu Avô José Pessoa seguido pelo seu pai Jose Augusto Pessoa, agora ela que já leva sua filha (5ª) geração, Maria Beatriz de 10 anos.

Ana Catharina que está com vice-presidente do Perseverança fez uma breve passagem de volta aos tempos em que não foi tão fácil ser espirita há cem aanos atras e que essa nova geração olhasse com carinho, com respeito e cuidado com o que estão fazendo com o consolador prometido.

Lembrou que em 1937 era proibido por lei qualquer manifestação espirita e culto mediúnico no Brasil, falou das perseguições aos médiuns e a Doutrina.

Para concluir pediu para honrar a esses grandes homens que construirão essa doutrina a custa de suor lagrima e vidas, que sejam lembrados não com loros, perfumarias ou purpurinas, ate porque eles não gostariam preferem que sejam lembrados praticando a caridade, o amor e paz afinal essa doutrina que tem como representantes JESUS E CHICO XAVIER não convêm "perfumaria e purpurinas" precisamos e ficamos cem anos de portas abertas e ficaremos mais cem anos se Deus nos permitir para ajudar, ensinar e abrigar a qualquer filho de Deus que dela precisar como disse Alarico da Cunha na sua psicografia "sem olhar a quem" a porta é estreita e assim deve ser já disse o mestre Jesus para que só entre por ela os que realmente a mereçam.

assim seja

Ana Catharina Pessôa.






0 comentários:

Postar um comentário