#htmlcaption1 Deus, força e luz O evangelho ensinado e vivenciado ha 99 anos

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Como é a vida em uma colônia espiritual?

colônia espiritual
ESPIRITISMO DA ALMA | Felipe Gama
Desde quando Chico Xavier nos brindou com a psicografia da grande obra de André Luiz, Nosso lar, tivemos o primeiro vislumbre em cores do mundo espiritual. Na obra, o autor espiritual nos traz todos os detalhes e novas definições para o mundo espiritual, seus locais, organização e funcionamento. Nasceu então a definição de colônias espirituais. Locais onde espíritos desencarnados se agrupavam em núcleos coesos e de motivação bem definida. Trazemos um pequeno estudo sobre tais colônias a fim de instruir os caros leitores acerca de tal assunto por demais interessante
Para começarmos, o termo erraticidade aqui usado muito por kardec e os espíritos indica o estado de espíritos quando desencarnados, estando eles em erraticidade. Lembraremos de Kardec que indaga aos espíritos, no livro dos espíritos, capítulo VI:
234. Há, de fato, como já foi dito, mundos que servem de estações ou pontos de
repouso aos Espíritos errantes?
“Sim, há mundos particularmente destinados aos seres errantes, mundos que lhes podem servir de habitação temporária, espécies de bivaques*, de campos onde descansem de uma demasiado longa erraticidade, estado este sempre um tanto penoso. São, entre os outros mundos, posições intermédias, graduadas de acordo com a natureza dos Espíritos que a elas podem ter acesso e onde eles gozam de maior ou menor bem-estar.”
*acampamento provisório

Com essa resposta os espíritos nos revelam que na erraticidade, ou como espíritos desencarnados, podemos nos encontrar em organizações transitórias para o refazimento espiritual após o desencarne. Sabemos por meio dos relatos de André Luiz que essas verdadeiras “cidades espirituais” das quais a terra é mera cópia possuem um sistema organizado, onde espíritos de semelhantes níveis buscam estudar, descansar, se aprimorar e evoluir a fim de se prepararem para a próxima etapa da jornada evolutiva, aprendendo através do estudo e da observância de fatos como evidenciam no Livro dos Espíritos na pergunta a seguir do mesmo capítulo:
227. De que modo se instruem os Espíritos errantes? Certo não o fazem do mesmo
modo que nós outros?
“Estudam e procuram meios de elevar-se. Vêem, observam o que ocorre nos lugares aonde vão; ouvem os discursos dos homens doutos e os conselhos dos Espíritos mais elevados e tudo isso lhes incute idéias que antes não tinham.”
Estas cidades são a providência divina nos dando oportunidades de juntos buscarmos a evolução espiritual, através da fraternidade e da busca por conhecimentos através dos amigos espirituais que nos buscam auxiliar durante nosso estado de erraticidade. Despertados para o mundo espiritual e passado o momento de perturbação comum para o nosso nível espiritual atual iremos ter mais ou menos merecimentos dependendo das nossas obras em vida, de nossas atitudes, nossa resignação e nossa vontade.
A maioria das colônias espirituais é de longa data. Sendo formadas por espíritos de semelhante vibração e pensamentos. Assim, nem todas as colônias espirituais são colônias do bem. Existem relatos de diversos espíritos de colônias cujos moradores são espíritos voltados para o mal ou para os diversos prazeres da carne. Muitos casos os espíritos mais atrasados moralmente que buscam a todo custo retardar o processo de evolução planetária se juntam e criam verdadeiras fortalezas do mal em regiões umbralinas.

ESPIRITISMO DA ALMA | Felipe Gama
Desde quando Chico Xavier nos brindou com a psicografia da grande obra de André Luiz, Nosso lar, tivemos o primeiro vislumbre em cores do mundo espiritual. Na obra, o autor espiritual nos traz todos os detalhes e novas definições para o mundo espiritual, seus locais, organização e funcionamento. Nasceu então a definição de colônias espirituais. Locais onde espíritos desencarnados se agrupavam em núcleos coesos e de motivação bem definida. Trazemos um pequeno estudo sobre tais colônias a fim de instruir os caros leitores acerca de tal assunto por demais interessante!
Para começarmos, o termo erraticidade aqui usado muito por kardec e os espíritos indica o estado de espíritos quando desencarnados, estando eles em erraticidade. Lembraremos de Kardec que indaga aos espíritos, no livro dos espíritos, capítulo VI:
234. Há, de fato, como já foi dito, mundos que servem de estações ou pontos de
repouso aos Espíritos errantes?
“Sim, há mundos particularmente destinados aos seres errantes, mundos que lhes podem servir de habitação temporária, espécies de bivaques*, de campos onde descansem de uma demasiado longa erraticidade, estado este sempre um tanto penoso. São, entre os outros mundos, posições intermédias, graduadas de acordo com a natureza dos Espíritos que a elas podem ter acesso e onde eles gozam de maior ou menor bem-estar.”
*acampamento provisório
Com essa resposta os espíritos nos revelam que na erraticidade, ou como espíritos desencarnados, podemos nos encontrar em organizações transitórias para o refazimento espiritual após o desencarne. Sabemos por meio dos relatos de André Luiz que essas verdadeiras “cidades espirituais” das quais a terra é mera cópia possuem um sistema organizado, onde espíritos de semelhantes níveis buscam estudar, descansar, se aprimorar e evoluir a fim de se prepararem para a próxima etapa da jornada evolutiva, aprendendo através do estudo e da observância de fatos como evidenciam no Livro dos Espíritos na pergunta a seguir do mesmo capítulo:
227. De que modo se instruem os Espíritos errantes? Certo não o fazem do mesmo
modo que nós outros?
“Estudam e procuram meios de elevar-se. Vêem, observam o que ocorre nos lugares aonde vão; ouvem os discursos dos homens doutos e os conselhos dos Espíritos mais elevados e tudo isso lhes incute idéias que antes não tinham.”
Estas cidades são a providência divina nos dando oportunidades de juntos buscarmos a evolução espiritual, através da fraternidade e da busca por conhecimentos através dos amigos espirituais que nos buscam auxiliar durante nosso estado de erraticidade. Despertados para o mundo espiritual e passado o momento de perturbação comum para o nosso nível espiritual atual iremos ter mais ou menos merecimentos dependendo das nossas obras em vida, de nossas atitudes, nossa resignação e nossa vontade.
A maioria das colônias espirituais é de longa data. Sendo formadas por espíritos de semelhante vibração e pensamentos. Assim, nem todas as colônias espirituais são colônias do bem. Existem relatos de diversos espíritos de colônias cujos moradores são espíritos voltados para o mal ou para os diversos prazeres da carne. Muitos casos os espíritos mais atrasados moralmente que buscam a todo custo retardar o processo de evolução planetária se juntam e criam verdadeiras fortalezas do mal em regiões umbralinas.
“Frederico nos explicou:
– São poucas as Colônias que tem a Escola de Regeneração. São para irmãos trevosos se recuperarem. É preciso esclarecer que há uma grande diferença entre espíritos trevosos e espíritos necessitados ou ignorantes. Trevosos muito pouco vem a Terra, não se interessam pelos encarnados, achando-os burros e inúteis, certamente que tem algumas ressalvas. Estes irmãos se dedicam quase sempre em reinar em seus domínios no Umbral. Há poucos centros que se dedicam a doutrinar esta classe de espíritos, pois eles dão muito trabalho. Eles se realizam no mal e é no mal que querem viver, desprezam qualquer atitude fraterna, cultivando o egoísmo. Dominam e são dominados, não há liberdade. Nestes domínios há os julgadores e os vingadores em nome de Deus.”
Do livro “Vivendo no mundo dos espíritos” de Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho
Tal estudo demandaria um texto mais extenso e com definições pormenores, iremos pois, por agora, apenas conceber que existem tais colônias e são governadas pro verdadeiros senhores das trevas que , apesar de todo seus esforços, não olvidarão da lei de causa e efeito.
Seguindo nossos estudos, entendidos da existência de colônias espirituais do bem e do mal precisamos entender que existem, também, em diversidade local. São conhecidos os nomes de mais de 20 colônias espirituais só na região do cruzeiro do sul. Existem colônias de todo tipo, desde colônias de regeneração e de socorro até colônias de pesquisa, educação e de intercâmbio entre orbes. Sim, nossos desencarnados podem ter contato com encarnados e desencarnados de outros orbes mais evoluídos que a terra!
A intensão das colônias espirituais do bem é a de auxílio mutuo entre almas de graus semelhantes como dissemos anteriormente. Tomemos por exemplo Nosso Lar. Sabe-se ser uma colônia espiritual de regeneração, ou seja de espíritos em processo de reforma íntima após erros cometidos e que buscam de alguma forma Deus e o conhecimento de suas leis, voltada principalmente aos católicos. A existência de inúmeras colonias tão diferentes é a providencia divina agindo de forma que todo filho de Deus possua o ambiente mais acolhedor possível às suas necessidades espirituais. Essa variedade de colônias tem feito com que nossa evolução espiritual tenha sido cada vez mais prática e isso é apenas um exemplo de como os tempos de regeneração tem afetado a vida espiritual.
Agora que temos alguma ideia sobre colônias espirituais e suas funções e definições iremos trazer uma pequena lista de colônias espirituais do Brasil:
Colônia Regeneração: Localizada nas proximidades de Goiânia até Brasília, esta Comunidade trabalha com a recuperação de espíritos mutilados no períspirito, além de proceder com atendimentos fluídico concentrados, terapias, academias, tudo com o intuito de renovação interior.
Colônia Amigos da Dor: Encontra-se no norte de Minas e extremo sul da Bahia. Realiza socorro a recém-desencarnados através de missas. Os espíritos servidores dessa Colônia prestam atendimento em igrejas, santas casas de misericórdia e é uma das mais antigas Colônias em terras brasileiras.
Colônia Redenção: Se situa no leste da Bahia em formato mais ou menos triangular. Sendo uma grande referência no mundo espiritual, esta Colônia realiza um grande trabalho em laboratório fluídico por intermédio de seus socorristas na Terra. Encontra-se lá um arquivo com as mais lindas histórias e exemplos de amor que o mundo já viu, começando pela história de Jesus em cenas vivas.
Colônia Raios do Amanhecer: Localizada na parte central do planeta, tendo maiores núcleos no Brasil, no norte do Amapá. Seus diferentes núcleos espalhados por vários países representam uma atividade diferente. No Brasil se parece com um grande parque infantil, pois é um mundo espiritual de crianças.
Colônia Bom Retiro: Localiza-se no Paraná tendo um formato de losango. Além de dar socorro aos desencarnados, ela tem como principal função dar a volta ao reequilíbrio do espírito.
Colônia Padre Chico: Situada no Triangulo Mineiro, é também conhecida no mundo espiritual como Colônia das Margaridas. É uma colônia muito movimentada, pois nela tem espíritos abrigados para socorro e para trabalhar em nome de Cristo.
Colônia da Praia: Fica no sudeste do Espírito Santo. É voltada para atividades espirituais que atuam na ecologia terrena, desenvolvem estudo e mantém observação atuando no equilíbrio exercido pelo Oceano.
Colônia Nova Esperança: Localizada bem próximo de Palmelo (GO), esta Colônia tem como função a catalogação de todos os espíritos que entram, saem e que permanecem no planeta, que hoje em dia é de aproximadamente 30 bilhões de espíritos.
Colônia Morada do Sol: Encontrada na parte leste do Brasil e se estendendo até o norte da Bahia. Esta Colônia coordena equipes espalhadas pelo planeta, os servidores levam amparo aos portadores de “doenças tropicais” encarnados.
Colônia das Flores: Sendo uma das maiores colônias espirituais, ela inicia na parte centra de Santa Catarina indo até Goiás, tendo pontos no Paraná e adentrando São Paulo. Especializada em socorro aos desencarnados vítimas de câncer e que geralmente conservam esta impressão no períspirito.
Colônia Gramado: Sobre o Rio Grande do Sul, possui vários núcleos de atendimento socorrista. Entre elas destacam-se as colônias “Das Orquídeas”, “Girassóis”, “Do Guaíba” e “Estrela D’alva”, todas recebem o nome de Colônia Gramado. Específica em trabalhos de técnicas de estudo relacionados à coluna vertebral, coordenação motora das pernas e dos pés.
Colônia das Montanhas: Encontrada no noroeste de Minas Gerais, próximo à divisa de Goiás. Adentrando o sudoeste entre a Serra Bonita (MG) e a Serra da Capivara (BA) e a Serra dos Gaúchos (MG), envolve toda a área do Parque Nacional Grande Sertão Veredas, onde envolve as águas dos rios Urucaia e Pardo com seus afluentes.
Colônia Estudo e Vida: Fica no Mato Grosso do Sul e parte da Bolívia. Tem por finalidade o estudo da vida. Possibilita que todos os espíritos tenham autoconhecimento para compreender próprios conflitos e desencontros para qualquer assunto.
Colônia das Violetas: Situada entre Amazonas, Tocantins, Paraná e Mato Grosso, está Colônia realiza técnicas voltadas para a cura de enfermidades cardíacas.
Colônia do Sol Nascente: No sudoeste do estado de São Paulo, esta Comunidade apresenta um setor de preparação do espírito para reencarnar, aguardando um momento determinado por Deus.
Colônia do Abacateiro: Abrangendo os estados de Goiás e Mato Grosso, esta Cidade Espiritual é toda cercada por abacateiros e desenvolve técnicas e atendimentos renais, tanto no períspirito quanto no auxílio a todos os processos de enfermidade renal.
Colônia do Rouxinol: Ao norte do Brasil, no Maranhão, a Colônia passa uma profunda sensação de paz e ali ficam espíritos que desencarnaram após longo período de enfermidade ou que tiveram morte súbita.
Além destas temos outras, como: Nosso Lar, Colônia Socorrista Moradia, Colônia Espiritual de Eurípedes Barsanulfo, Colônia Alvorada Nova,Colônia Casa do Escritor, Colônia Triângulo, Rosa e Cruz, Sanatório Esperança, Colônia Porto da Paz, Espírito Meimei, Colônia A Cruzada, Colônia Gordemônio.
Apesar da sutilidade deste artigo sobre as colônias espirituais, esperamos ter elucidado ao menos os fatos principais. Indicamos sempre a leitura das obras de Kardec e de obras complementares a fim de atender a sede de conhecimento que a doutrina nos alivia. Em breve teremos um artigo sobre os espíritos no mundo espiritual, onde esclareceremos sobre os espíritos das trevas bem como os espíritos de luz e suas realizações. Estudar é sempre a melhor forma de se buscar a evolução moral pois o conhecimento é base onde fincaremos o alicerce para a renovação de atitudes e, assim, buscaremos nosso caminho de evolução em Deus. Muita paz!

0 comentários:

Postar um comentário